Papa e presidentes de Israel e da Palestina rezam pela paz na Terra Santa

Noticias

Papa e presidentes de Israel e da palestina rezam pela paz na Terra Santa

“Derrubar os muros da inimizade e percorrer o caminho do diálogo e da paz”, disse o papa Francisco em encontro pela paz com os presidentes israelita e palestiniano, Shimon Peres e Mahmoud Abbas, na presença do patriarca de Constantinopla Bartolomeu I, no domingo, 8, no Vaticano. O momento é considerado histórico, reunindo autoridades religiosas mundiais para diálogo ecumênico e de oração pela paz na Terra Santa.

O local escolhido para o encontro foi um espaço no jardim do Vaticano, com presença de delegações, cantores, música e imprensa. O papa Francisco expressou gratidão pela presença dos presidentes e reforçou a necessidade do diálogo pela paz.

“Senhores presidentes, o mundo é uma herança que recebemos dos nossos antepassados, mas é também um empréstimo dos nossos filhos: filhos que estão cansados e desfalecidos pelos conflitos e desejosos de alcançar a aurora da paz; filhos que nos pedem para derrubar os muros da inimizade e percorrer o caminho do diálogo e da paz a fim de que o amor e a amizade triunfem”, disse Francisco.

Redes de televisão e de rádio do mundo todo transmitiram a cerimônia, marcada por gestos de unidade e acolhida entre as lideranças religiosas. Na ocasião, Francisco disse, ainda, que é preciso coragem para dizer sim ao diálogo e não à violência.

“É preciso coragem para fazer a paz, muita mais do que para fazer a guerra. É preciso coragem para dizer sim ao encontro e não à briga; sim ao diálogo e não à violência; sim às negociações e não às hostilidades; sim ao respeito dos pactos e não às provocações; sim à sinceridade e não à duplicidade. Para tudo isto, é preciso coragem, grande força de ânimo”, reforçou o papa.

Necessidade de paz

O presidente de Israel, Shimon Peres, durante discurso em hebraico afirmou ser urgente pôr fim à violência. “ Dois povos – israelitas e palestinianos – desejam ardentemente a paz. As lágrimas das mães sobre os seus filhos estão ainda marcadas nos nossos corações. Nós devemos pôr um fim aos gritos, à violência, ao conflito. Nós todos temos necessidade de paz. Paz entre iguais”, expressou Peres.

Na sequência, o presidente da Palestina, Mahmoud Abbas, fez prece pedindo pela realização da verdade, da paz e da justiça. “Por isso pedimos-Te, Senhor, a paz na Terra Santa, Palestina e Jerusalém, juntos com o seu povo. Nós pedimos-Te de tornar a Palestina e Jerusalém, em particular, uma terra segura para todos os crentes, e um lugar de oração e de culto para os seguidores das três religiões monoteístas”.

O encontro foi marcado por um abraço fraterno entre o papa Francisco e os dois presidentes, que na oportunidade, plantaram uma oliveira no jardim do Vaticano, como sinal de paz e diálogo entre as religiões.

Fonte: http://www.cnbb.org.br/